Biologia Molecular 101

Esta cadeira visa introduzir as bases moleculares da biologia, com o DNA, RNA e proteínas como as suas componentes estruturais básicas.

Introduzimos a estrutura de dupla hélice do ADN começando com as bases que o constituem: Adenina (A), Timidina (T), Citosina (C), Guanina (G).

Seguem-se aprendizagens sobre a forma como o ADN codifica a informação que transforma as 4 bases iniciais em RNA e proteínas, através dos processos de replicação, transcrição e tradução.

A complexidade das modificações pós-translacionais das proteínas, e os seus efeitos na regulação proteica são abordados com a intenção de tornar imediatamente aparente aos alunos a complexidade bioquímica e biosintética de todas as formas de vida, incluindo os seres humanos.

A hereditariedade, tanto mendeliana como epigenética, através da metilação das histonas, sãos abordadas mantendo-se no entanto em mente a complexidade regulatória do sistema genético.


“Hereditary stability and hereditary change are both based, not on a mosaic of genes, but on the action of the gene-complex ‘as a whole’. (…) A hierarchy with its built-in, self-regulatory safeguards is a stable affair. It cannot be pulled in here, pulled out there, like Patou belabouring his model. It is capable of variation and change, but only in co-ordinated ways and only in limited directions.” 
― Arthur Koestler, The Ghost in the Machine

De que forma é que as componentes moleculares podem influenciar a saúde humana, e exemplos concretos de informação útil no contexto da saúde humana, são igualmente introduzidos.