Coaching

“Life isn’t about finding yourself. Life is about creating yourself.”

George Bernard Shaw

O coaching com PNL é para aprendermos a gostar das nossas fraquezas e das nossas forças em igual medida. É para sermos capazes de olhar para quem somos realmente, com apreciação e amor. É para nos (re)criarmos à nossa medida.

Para que serve o coaching?

O coaching que fazemos utiliza técnicas da PNL clássica e generativa e tem como propósito ajuda-lo a concretizar os seus objetivos atuais. Esses objetivos podem ser relacionados com a vida profissional, familiar, individual ou estar a qualquer nível.

Para quem?

O coaching pode ser individual ou para grupos. No caso de grupos terão de ser grupos com um propósito comum (ex. casais, familias, equipas).

O trabalho com grupos poderá ser suplementado com coaching individual, se necessário.

Como são as sessões?

O ponto inicial de cada intervenção, e seguidamente de cada uma das sessões individuais, é a formulação do objetivo. Há objetivos para cada uma das sessões e há um objetivo que determina a conclusão do processo de coaching.

Esses objetivos são formulados seguindo um formato que permite ao individuo aprender a reconhecer quando o seu objetivo é atingido.

Quanto tempo demora?

Demora o tempo que for necessário no entanto, devido às tecnicas utilizadas, mesmo trabalhos profundos ao nível da identidade estão, geralmente, concluídos em uma ou duas sessões.

Porquê? e Como?

Segundo Virginia Satir, uma das terapeutas familiares modernas cujo método terapeutico esteve na génese da PNL, cada ser humano é, intrinsecamente, OK.

by Virginia Satir (trad. Ofélia Carvalho)

E como o Dr. Daniel Siegel enfatiza na sua palestra sobre uma mente saudável, por vezes os processos mentais entram num estado de caos ou de rigidez. É neste momento em que uma sessão de coaching é frequentemente útil.

As tecnicas da PNL, quando bem executadas, criam um estado de criatividade, disponibilidade e generatividade que permitem a cada individuo encontrar formas de criar movimento na rigidez e encontrar ordem no caos.

Objetivos

Entre os obstáculos mais comuns à concretização pessoal e à obtenção dos resultados desejados, ou seja, os obstáculos mais comuns à concretização dos objetivos pessoais, temos:

  • Objetivos formulados de uma forma incorreta;
  • Crenças limitadoras, frequentemente com origem na história pessoal;
  • Conflitos internos, em só uma parte de si “quer” realmente;
  • Apego ou Rigidez.

Utilizando tecnicas da PNL, incluindo da PNL generativa, numa sessão de coaching o cliente permite-se definir melhor os seus objetivos, a reconhecer os seus obstáculos internos, negociar com todas as suas “partes”, e a atingir um estado de maior consciência e de maior congruência interna.

Para informações adicionais ou para marcar uma sessão inicial.

%d bloggers like this: