Ómicas e Biomarcadores

Inserido na cadeira optativa de Métodos Moleculares na Medicina Personalizada (MiMED, FMUP) o tópico de Ómicas e Biomarcadores explora a ideia da individualidade do ser humano na sua conceção biomolecular.

A medicina é uma atividade, por natureza, integrativa. Um médico, no decurso da sua vida profissional, é chamado a interagir com um ser humano e, qual Sherlock Holmes, a seguir uma serie de pistas a que chamamos sintomas até desvendar a causa provável da doença.

Seguidamente, o médico terá de compreender e integrar a informação quimica, bioquimica e molecular dos medicamentos desenvolvidos e comercializados pelas empresas farmacêuticas, para selecionar, entre várias possibilidades, o mais adequado.

Exemplos de biomarcadores de interesse clinico em utilização atual, dos quais todos os parâmetros que são medidos nos exames sanguíneos são exemplos, enraízam firmemente o que é um biomarcador na experiência concreta do individuo.

Esta realização serve como ponto de partida da exploração do que poderão vir a ser os biomarcadores no futuro.

As novas tecnologias de recolha e interpretação de dados, ou ómicas, são abordadas, integradas com informação referente aos diversos níveis de organização do sistema biológico. São considerados os vários avanços tecnológicos e o tipo de informação que permitem recolher.

Após esta introdução teórica os alunos são encorajados a encontrar detalhes técnicos sobre as matérias que lhes interessam, em artigos científicos introdutórios que são fornecidos, e na internet. São assim encorajados e construir o seu próprio edifício de conhecimento, selecionando o que mais lhes interessa, a eles, individualmente.

%d bloggers like this: